visitante(s) online.
Pesquisar no conteúdo do informativo.
 
   
Informativo da Santa Casa de Misericórdia de Valença
Teste de descrição de título
 
 
 
CATEGORIAS
Dicas e Artigos (0)
Eventos (59)
Informativo (193)
Novidades (29)
Primeiros Socorros (1)
Tecnologia e Inovação (1)
Viva melhor (16)
 
 
ARQUIVO
Confira aqui todas as postagens
 
 
POSTS RELACIONADOS
Em: 06/05/2015 03:31:18
Semana de Lavagem de Mãos: Importância da higienização das mãos
Em: 09/10/2014 16:46:27
A Santa Casa apoia o Outubro Rosa!
Em: 22/01/2014 14:33:31
TABAGISMO: Apague essa ideia!
Em: 27/12/2013 18:15:51
Dica de saúde: Como evitar doenças comuns durante o verão
Em: 08/08/2013 12:16:02
Dica da semana: GORDURA NO FÍGADO
Em: 24/07/2013 19:29:42
Dica da semana: RINITE ALÉRGICA
Em: 12/07/2013 20:15:08
Dica da semana: COLESTEROL
Em: 27/06/2013 22:10:56
Dica da semana: DEPRESSÃO
Em: 18/06/2013 20:24:20
Dica da semana: CUIDADOS COM QUEIMADURAS
Em: 31/05/2013 11:17:24
Dica da semana: PRÉ-NATAL
 
 
Viva melhor
TABAGISMO: Apague essa ideia!
 
 O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. O total de mortes devido ao uso do tabaco atingiu a cifra de 4,9 milhões de mortes anuais, o que corresponde a mais de 10 mil mortes por dia. Caso a tendência de expansão do seu consumo seja mantida, esses números aumentarão para 10 milhões de mortes anuais por volta do ano 2030, sendo metade delas em indivíduos em idade produtiva (entre 35 e 69 anos) (WHO, 2003).

As estatísticas revelam que os fumantes comparados aos não fumantes apresentam um risco:

10 vezes maior de adoecer de câncer de pulmão;
5 vezes maior de sofrer infarto;
5 vezes maior de sofrer de bronquite crônica e enfisema pulmonar;
2 vezes maior de sofrer derrame cerebral.

Tratamento

A pessoa que fuma fica dependente da nicotina. Considerada uma droga bastante poderosa, a nicotina atua no sistema nervoso central como a cocaína, heroína, álcool, com uma diferença: chega ao cérebro em apenas 7 a 19 segundos. É normal, portanto, que, ao parar de fumar, os primeiros dias sem cigarros sejam os mais difíceis, porém as dificuldades tendem a ser menores a cada dia.

Não tenha medo...
Dos sintomas da síndrome de abstinência

Quando o fumante para de fumar, pode apresentar alguns sintomas desagradáveis, tais como: dor de cabeça, tontura, irritabilidade, agressividade, alteração do sono, dificuldade de concentração, tosse, indisposição gástrica e outros. Esses sintomas caracterizam a síndrome de abstinência da nicotina, porém, não acontecem com todos os fumantes que param de fumar. Quando acontecem, tendem a desaparecer em uma a duas semanas (alguns casos podem chegar a 4 semanas).
O sintoma mais intenso, e mais difícil de lidar é a chamada "fissura" (grande vontade em fumar). É importante saber que a "fissura" geralmente não dura mais que 5 minutos, e tende a ficar mais tempo que os outros sintomas. Porém, ela vai reduzindo gradativamente a sua intensidade e aumentando o intervalo entre um episódio e outro.

Dicas:
Nos momentos de estresse: procure se acalmar e entender que momentos difíceis sempre vão ocorrer e fumar não vai resolver seus problemas.

Sentindo vontade de fumar: a vontade de fumar ("fissura") não dura mais que cinco minutos. Nesses momentos, para ajudar, você poderá chupar gelo, escovar os dentes, beber água gelada ou comer uma fruta.

Mantenha as mãos ocupadas com um elástico, pedaço de papel, rabisque alguma coisa ou manuseie objetos pequenos. Não fique parado - converse com um amigo, faça algo diferente que distraia sua atenção.
 
 
Publicado em 22/01/2014 14:33:31 1543 visualizações
Por: Santa Casa de Valença
 
Compartilhar
 
Nenhum comentário. Seja o primeiro.
Deixe seu comentário:
Os comentários deste site são moderados.
*Não serão aceitos comentários anônimos, ofensivos ou contendo palavrões.
Obs: comentários dos leitores não refletem as opiniões do deste site.
 
Nome: E-mail:
Comentário:
 
     
 
 
INÍCIO
CORPO CLÍNICO
INFORMATIVO
AGENDAMENTO
ATENDIMENTO